Novas tecnologias para a Inclusão

Outubro 24 2009

 Em jeito de desculpa por ter faltado à aula de seminário, coloco aqui a razão pela qual não pude ir :)

Estive numa conferência sobre Educação Inclusiva com o Dr. David Rodrigues, professor na Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa. Confesso que nunca tinha ouvido falar dele, mas vim a descobrir que para além de um excelente orador, conseguiu, em pouco mais de uma hora, não só explicar o conceito inerente à Educação Inclusiva, como (pelo menos no meu caso), desmistificar algumas das ideias enraizadas acerca da educação e da forma como se ensina em Portugal.

 

Seguem alguns dos apontamentos que retirei:

 

> Inclusão como processo inacabado de encontrar melhores maneiras de responder à diversidade

> inclusao como identificação e remoção de barreiras

> preconceitos

> estudar as barreiras existentes à aprendizagem nos modelos escolares

> Inclusão como presença, participação e sucesso de todos os alunos

> Segurança enquanto sentimento de apoio e empenho da escola relat/ ao aluno

> participação

> promoção do sucesso

> Ênfase nos alunos em risco de marginalização, exclusão ou insucesso

 

> Diferença (entre alunos)

Bourdieu, 1966 - A escola "finge" não existir diferenças

> Olhar a diferença positivamente, assumir e aceitar

> Diferença gera dinâmica, discussão

 

> Currículo

Toda a experiência que é proporcionada pela escola

> Insistência nas areas fracas dos alunos, nas suas dificuldades

> areas fracas como objectivo e areas fortes como estratégia

> responder à questão, o que é que o aluno sabe?? (em contraponto com o que é que o aluno NÃO sabe?)

 

> Planeamento

Reflectir sobre as suas práticas de ensino - relacionado com as barreiras


Outubro 24 2009

O meu projecto-dissertação insere-se na iniciativa Rede Inclusão (http://redeinclusao.web.ua.pt/) e, segundo o próprio site:

"A REDEinclusão é um Projecto que faz parte integrante da Associação Cidadãos do Mundo e que visa o desenvolvimento da inclusão educativa e social das crianças e jovens em situação de vulnerabilidade ou marginalização, nomeadamente, os que vivem em condições de privação ou abandono, os que são portadores de deficiência ou doenças graves e prolongadas, os refugiados, os que constituem minorias culturais e linguísticas, os que trabalham, os que estão por qualquer razão excluídos de uma educação formal."

 

Desde já o meu objectivo neste projecto será encontrar soluções tecnológicas que fomentem a inclusão de pessoas em situações como as descritas anteriormente. Essas soluções poderão passar directamente pelo portal RedeInclusão, com a integração de novos serviços que potenciem principalmente a comunicação entre os utilizadores, ou serviços paralelos - mantendo a ligação ao projecto.

Outra iniciativa que dará decerto um forte contributo será o portal Sem Barreiras (http://www.sembarreiras.org/), que poderá inclusive ser parte integrante dos serviços a disponibilizar, principalmente devido aos seus vastos recursos de informação relativa a esta temática.

 

De qualquer forma, ainda é cedo para falar em soluções, há muito trabalho a montante para ser feito...


Outubro 24 2009

 O primeiro post!..

 

Depois de umas semanas complicadas, carregadas de trabalho, finalmente tenho uns minutos para o Blog. Tenho andado um bocado alheado ao que se tem passado nas aulas, mas não significa que o mestrado tenha ficado para segundo plano. Ocupei algum desse tempo em reuniões e conferências para entrar numa temática completamente nova para mim - a Inclusão -  que procurarei explicar mais adiante no blog.

Vou então tentar recuperar o tempo "perdido" e actualizar um pouco mais este roadmap do meu projecto :)


mais sobre mim
Box.net
pesquisar neste blog
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

26
27
28
29
30
31


subscrever feeds
blogs SAPO